O grupo

Diferenciando-se dos agrupamentos convencionais de música de Câmara, o Entre Madeiras Trio apresenta um trabalho pioneiro nesta área. Apresentou-se ao público pela primeira vez, a 11 de Maio de 2009, na Sala do Trono do Palácio Nacional da Ajuda, conta com uma vasta lista de concertos divulgando sempre a música contemporânea a portuguesa. Destaque para o projeto “Ligações Contemporâneas”, realizado no auditório da Casa Fernando Pessoa (concerto Antena 2) – Concertos mpmp realizados no Palácio Foz, na Casa Dr. Anastácio Gonçalves e na Biblioteca Nacional, para além de concertos realizados no Grande Auditório da ESML, na Fundação Cidade de Lisboa, no Auditório do ISEG (concerto Antena 2), na Galeria Valbom, Palácio Nacional de Mafra, Festival Internacional de Palmela 2016 (FISP), Síntese – XII ciclo de música contemporânea da Guarda, Temporada de Música de Benavente 2018, entre outros. Adaptando-se aos variadíssimos estilos musicais, a versatilidade do saxofone, oboé e flauta, é a imagem de marca deste agrupamento. O Entre Madeiras Trio conta já com várias estreias de obras de compositores nacionais e residentes em solo português como: Eli Camargo Jr., Sérgio Azevedo, Clotilde Rosa, Christopher Bochamann, Edward Ayres D ´Abreu, Rui Lavos, Nuno da Rocha e Mário Chan, Fábio Cachão, Francisco Cortés-Álvarez, Chen Yihan, Alfredo Teixeira, Ivan Moody.
A 28 de Novembro de 2015 lança o seu primeiro CD, composto exclusivamente por obras escritas para o grupo, produzido pelo mpmp.
Entre Madeiras Trio differs from others chamber music groups being pioneering in contemporary musical area.
Entre Madeiras Trio performed for the first time on May, 11, 2009 at “Sala do Trono – Palácio Nacional da Ajuda” – Lisbon.
Entre Madeiras Trio has been performed several concerts promoting contemporary Portuguese music, v.g. “Ligações Contemporâneas” project at Casa Fernando Pessoa – a concert broadcast by Antena 2 (Portuguese radio station); “Concertos mpmp”, at Palácio Foz; first releases at “Grande Auditório da ESML”, “Fundação Cidade de Lisboa”, “Biblioteca Nacional”, “Auditório do ISEG – Concerto Antena 2” -, “Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves”, “Festival Internacional de Palmela 2016 (FISP), Síntese – XII ciclo de música contemporânea da Guarda, Temporada de Música de Benavente 2018″.
Easily adapting to several music styles, the versatility of saxophone, oboe and flute is the key to Entre Maderias Trio.
Entre Madeiras Trio has several premiers works of Portuguese composers v.g. Eli Camargo Jr., Sérgio Azevedo, Clotilde Rosa, Christopher Bochamann, Edward Ayres D ´Abreu, Rui Lavos, Nuno da Rocha e Mário Chan, Fábio Cachão, Francisco Cortés-Álvarez, Chen Yihan, Alfredo Teixeira, Ivan Moody..
On november, 2015, Entre Madeiras Trio presented its first record sponsored by “mpmp”.

Biografias

João Andrade Nunes | Saxofone

João Andrade Nunes, saxofone Natural do Sabugal, ingressou no Conservatório de Música Pedro Álvares Cabral de Belmonte, em 1999, na classe do professor Carlos Canhoto, aos 9 anos de idade. Finalizou o Curso Supletivo Complementar de Saxofone no Conservatório Escola de Musica São José da Guarda com a classificação de 19 valores. É licenciado pela Escola Superior de Música de Lisboa na classe do professor José Massarrão. Trabalhou em regime de master-class com Mario Marzzi, Claude Delangle, Pavel Gomziakov, Christian Lauba, Richard Ducros, entre outros. Obteve o 3º Prémio na categoria juvenil no Concurso Internacional de Saxofones de Palmela. Tem participado em diversos projetos de divulgação de música contemporânea como Peças Frescas e Festival de Música do S. Luiz. Atualmente, frequenta o Mestrado do Curso de Direito – Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Foi o primeiro professor de saxofone, em Portugal, a integrar o projeto Orquestra Geração. Desde 2008, é solista na Banda Da Armada Portuguesa.

Miriam Tallette Cardoso | Flauta

Nasceu a 8/10/83, em Lisboa. Iniciou os seus estudos musicais na Sociedade Musical e Desportiva de Caneças aos 11 anos. Concluiu o curso de flauta transversal na Escola de Música do Conservatório Nacional, em 2006, com a classificação de 17 valores na classe do professor João Pereira Coutinho. No mesmo ano ingressa na Escola Superior de Música de Lisboa, terminando em 2010, com 16 valores na classe do professor Olavo Barros. É Mestre em Música, variante Interpretação pela Universidade de Évora com 17 valores, com a dissertação subordinada ao tema A flauta no contexto da música de câmara contemporânea portuguesa – Os últimos 40 anos. Encontra-se a terminar o Mestrado em Liderança Pessoas e Organizações na Academia Militar. Frequentou vários cursos de aperfeiçoamento, onde se destaca o trabalho que desenvolveu com o Flautista Michel Debost, antigo flautista da Orquestra de Paris. Foi bolseira pela associação Rotary Club Lisboa Estrela da Fundação Rotária Portuguesa. Lecionou em diversas escolas. Leccionou e assumiu a Direcção Pedagógica da Academia de Música da Sociedade de Instrução Musical de Porto Salvo entre 2012 e 2014. Foi a primeira mulher a ingressar na Banda Sinfónica da GNR (2008).

Filipe Pereira Branco | Oboé

Nasceu a 10/02/82 em Lisboa. Iniciou os seus estudos musicais aos 10 anos na Banda de Música de Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Loures. Estudou na Escola de Música do Conservatório Nacional e na Fundação Musical dos amigos das crianças, na classe do professor Manuel Lopes da Cruz. Frequentou ainda a Academia Nacional Superior de Orquestra nas classes dos professores Hristo Kasmetski e Pedro Ribeiro. É Licenciado pela Escola Superior de Música de Lisboa na classe do professor Andrew Swinnerton e Mestre em Ensino de Educação Musical no Ensino Básico pela Escola Superior de Educação de Lisboa. É professor de Educação Musical em escolas do ensino básico. Desde 2003, é solista na Banda da Armada Portuguesa.

Discografia

Álbuns:

  • Entre Madeiras Trio | 2015

Repertório

Peças compostas para o Entre Madeiras Trio:

2009

Eli Camargo Jr – Lubramix II  – Música quase um doc.

Edward Pinto – Voyage (D’après desvieux cahiers)

Rui Lavos – A Brincar A Brincar

Nuno Rocha – Das coisas

Mário Chan – Harmonicamente Temperado

2011

Christopher Bochmann – Elegy II Expanded

2013

Clotilde Rosa – Wind Trio 

2014

Sérgio Azevedo – Divertimento em Trio

2015

João Andrade Nunes – Cantilène

2016

Fábio Cachão – Desumanização

Francisco Cortés-Álvarez – Triple espresso mattutino

Chen Yihan – Desert dew – to Syrian refugees

Alfredo Teixeira – Diferencias II

2017

Ivan Moody – Amorphous Metal

 

Testemunhos

Muitos parabéns pelo nível artístico do vosso grupo! Foi um momento de grande felicidade ouvir a minha obra com uma interpretação tão soberba: muito obrigado!

Eli Camargo Júnior in Festival Internacional de Música de Palmela

 

“Que nenhum compositor pense que terminou a carreira, sem ter escrito para este grupo!” – Christopher Bochmann (2015)

“Caro Trio que interpretação fabulosa! Obrigado” – Ivan Moody (2018) – acerca da estreia da obra Amorphous Metal.

Crítica ao CD Entre Madeiras Trio:

  • Repertório interessante.
  • Serenata em Trio – Sérgio Azevedo, escrita um pouco violenta com imposição do saxofone tenor no 1º andamento, 2º andamento muito interessante e 3º andamento feito com muita vivacidade.
  • Wind Trio – Clotilde Rosa, peça muito bem construída com uma boa utilização da flauta.
  • Lubramix II – Eli Camargo Jr., peça muito interessante com destaque para o 2º e 3º andamentos.
  • Voyage – Edward Ayres d’Abreu, peça interessante.
  • Resultado muito bom, demonstrando grande entendimento entre os músicos.

Professor Henrique da Luz Fernandes

“Muitos parabéns pela gravação do CD que tenho a certeza que está óptimo! Vocês já são grandes Artistas, com A maiúsculo!”

Clotilde Rosa – Compositora e Co-fundadora do Grupo de Música Contemporânea de Lisboa.

Concurso / Competition

1º Concurso Internacional de Composição Entre Madeiras Trio – Prémio Clotilde Rosa

 

Regulamento

 

O Entre Madeiras Trio, com o apoio da RDP – Antena 2, Centro Cultural de Belém (CCB), AVA – Musical Editions, Câmara Municial de Lisboa, Glosas, Centro Nacional de Cultura e D. Caeiro Lda, anuncia em 2018 o 1º Concurso Internacional de Composição Entre Madeiras Trio – Prémio Clotilde Rosa, como forma de homenagear a grande compositora portuguesa Clotilde Rosa (1930-2017).

 

Condições da candidatura

 

  1. Poderão concorrer ao Prémio compositores de qualquer nacionalidade e idade.

 

  1. Os candidatos poderão enviar um número ilimitado de obras.

 

  1. As obras a concurso terão de ser inéditas (nunca antes tocadas em público, gravadas ou publicadas em disco / partitura comercial, ou que tenham ganho qualquer outro galardão até ao fecho dos trabalhos do Prémio).

 

  1. As obras deverão ser escritas para trio de sopros (flauta, oboé, saxofone alto*), sem recurso a meios electrónicos, e ter uma duração total (num só, ou em vários andamentos) entre 8’ e 15’.

 

  1. As partituras serão obrigatoriamente escritas num programa informático de música (Finale, Sibelius, Dorico, outros), não sendo aceites manuscritos.

 

* – única dobragem possível: saxofone soprano e tenor

 

Prémio

 

  1. O Prémio consiste num valor monetário de 1000 Euros, na edição da obra, em partitura, pela AVA – Musical Editions (excepto se o vencedor tiver contrato exclusivo com outra editora), e na estreia absoluta da obra pelo Entre Madeiras Trio. Concomitantemente será entregue uma peça do artista plástico João Pedro Santos.

 

  1. O Prémio é indivisível, não podendo haver vencedores ex-aequo.

 

O Júri reserva-se o direito de não atribuir o Prémio se a qualidade das obras a concurso for considerada insuficiente.

 

O Júri poderá, independentemente de o Prémio ser ou não atribuído, conceder até um máximo de 3 Menções Honrosas.

 

  1. O Prémio será entregue no dia do concerto de estreia da obra vencedora, a realizar em 16 de Maio de 2019 na Sala Sophia de Mello Breyner Andresen no Centro Cultural de Belém – Lisboa.

 

Para além da obra vencedora, se o júri assim o entender, poderá também ser estreada a 1ª Menção Honrosa ou, no caso de o Prémio ficar deserto, as 1ª e 2ª Menções Honrosas, caso estas sejam concedidas.

 

  1. Quaisquer futuras execuções, edição da partitura ou CD da obra vencedora, deverão obrigatoriamente incluir nas notas de programa a menção “Obra vencedora do 1º Concurso Internacional de Composição Entre Madeiras Trio – Prémio Clotilde Rosa”.

 

  1. Os compositores cederão ao Entre Madeiras Trio os direitos de autor relativos à estreia da obra vencedora / menções honrosas e às eventuais gravações autorizadas neste contexto.

 

Candidaturas

 

  1. Cada concorrente, por cada peça apresentada, terá de pagar uma taxa de inscrição no valor de 15 euros, através de transferência bancária para a conta do BANCO CTT com o IBAN PT50 0193 0000 1050 3854 7202 1.

 

  1. Os candidatos deverão apresentar cinco (5) exemplares de cada partitura e um (1) conjunto das respectivas partes instrumentais, em papel.

 

Cada partitura deverá incluir notas de programa (português, espanhol, italiano, inglês ou francês) e ainda a duração total.

 

  1. Poderá ser anexo, se o candidato assim o entender, um CD com o áudio sintetizado ou acústico das obras (neste último caso, a execução/gravação deverá ser privada, excluindo-se qualquer gravação comercial ou a partir de concerto público conforme determina o ponto 3 deste regulamento).

 

  1. Todos os materiais enviados devem ser submetidos de forma anónima, incluindo a encomenda postal, que deverá ser identificada, bem como os materiais musicais, através de um pseudónimo.

 

  1. Se o candidato enviar mais que uma obra para o Prémio, deverá fazê-lo em encomendas diferenciadas, uma para cada obra a concurso.

 

  1. Os materiais para cada peça deverão ser enviados num envelope postal, juntamente com um sobrescrito selado que contenha a identificação do candidato, fotocópia do BI / cartão de cidadão / passaporte, os contactos pessoais (telefones, e-mail e morada postal), o comprovativo de transferência da taxa de inscrição, e ainda uma declaração, assinada pelo compositor, confirmando que este respeita todas as condições exigidas pelo regulamento.

 

O júri só tomará conhecimento da identidade dos concorrentes no caso destes serem galardoados, sendo apenas abertos os sobrescritos correspondentes aos premiados.

 

As obras deverão ser enviadas apenas por correio registado – ao secretariado do Prémio até ao dia 5 de abril de 2019 (data da chegada das obras, pelo que se recomenda antecedência suficiente no envio), na seguinte morada:

 

1º Concurso Internacional Composição Entre Madeiras Trio – Prémio Clotilde Rosa

Secretariado do Concurso

Rua Arco do Carvalhão nº 47 5ºC

1070-008 Lisboa – Portugal

 

Júri

 

  1. O Júri será formado pelas seguintes personalidades:

 

Sérgio Azevedo (Escola Superior de Música de Lisboa) – Presidente

Jorge Machado (Conservatório Nacional de Lisboa)

 

Membros do Entre Madeiras Trio:

 

Miriam Tallette Cardoso

Filipe Pereira Branco

João Andrade Nunes

 

Resultados

 

  1. Os resultados do Prémio serão anunciados publicamente até ao dia 11 de maio de 2019, nos sítios da internet:

 

https://entremadeirastrio.com/

https://www.facebook.com/entremadeirastrio/

 

Apenas o vencedor ou os distinguidos com Menções Honrosas serão contactados directamente.

 

  1. Os materiais enviados pelos concorrentes não serão devolvidos.

 

  1. Não haverá recurso das decisões do júri. Qualquer caso omisso no regulamento será decidido pelo júri. Qualquer disputa legal deverá ser resolvida na Comarca do Tribunal de Lisboa, à exclusão de qualquer outro local, e terá como base unicamente a versão em português do regulamento do Prémio. Quaisquer dúvidas que este regulamento possa suscitar deverão ser esclarecidas junto do secretariado do Prémio, através do seguinte endereço:

 

e-mail: secretariadoconcursoemt@gmail.com

 

Este regulamento, bem como todas as informações relativas ao Prémio, poderá ser consultado nos sítios internet do Entre Madeiras Trio:

 

https://entremadeirastrio.com/

https://www.facebook.com/entremadeirastrio/

 

1º Concurso Internacional de Composição Entre Madeiras Trio

 Prémio Clotilde Rosa

1st International Entre Madeiras Trio Composition Competition

Clotilde Rosa Award

 

Regulation

 

Entre Madeira Trio, with the support of RDP – Antena 2, Centro Cultural de Belém (CCB), AVA – Musical Editions, Câmara Municial de Lisboa, Glosas, Centro Nacional de Cultura e D. Caeiro Lda, announces in 2018 the 1st Competition International Entre Madeiras Trio Composition Competition – Clotilde Rosa Award, as a way to pay homage to the great Portuguese composer Clotilde Rosa (1930-2017).

 

Application conditions

 

  1. Composers of any nationality and age may compete for the Prize.

 

  1. Applicants may send an unlimited number of scores.

 

  1. The scores in the contest must be exclusive (never before played in public, recorded or published on a disc/commercial score, or that have won any other award until the end of the contest).

 

  1. The scores must be written for a trio of woodwinds (flute, oboe, alto saxophone *), without using electronic devices, and have a total duration (in one or several movements) between 8 ‘and 15’.

 

  1. The scores shall be written in a music program (Finale, Sibelius, Dorico, others), not accepting manuscripts.

 

* – single folding possible: soprano and tenor saxophone

 

Prize

 

  1. The Prize consists of a monetary value of 1000 Euros, the publication of the work, in score, by AVA – Musical Editions (except if the winner has an exclusive contract with another publisher), and a debut premiere of the score by Entre Madeiras Trio. Concomitantly, a art work of the plastic artist João Pedro Santos will be given.

 

  1. The Prize is indivisible, and there can be no ex-aequo

 

  1. The Jury reserves the right not to award the Prize if the quality of the score is considered insufficient.

 

  1. The Jury may, regardless of whether or not the Prize is awarded, grant up to a maximum of 3 Honorable Mentions.

 

  1. The Prize will be awarded on the day of the debut concert of the winning score, to be held on May 16, 2019 at the Sophia de Mello Breyner Andresen auditorium in Centro Cultural de Belém – Lisboa.

 

  1. In addition to the winning composition, if the jury so wishes, the 1st Honorable Mention may also be issued or, in the event that the Prize is not atributed, the 1st and 2nd Honorable Mentions, if granted.

 

  1. Any future executions, editions of the score or CD of the winning work, must include in the program notes the mention “Winning work of the 1st International Entre Madeiras Trio Composition Competition – Clotilde Rosa Prize”.

 

  1. The composers will assign to Entre Madeiras Trio the copyrights related to the debut of the winning work / honorable mentions and to any recordings authorized in this context.

 

Applications

 

  1. Each competitor, for each score presented, must pay a registration fee of 15 euros, by bank transfer to the account of BANCO CTT with IBAN PT50 0193 0000 1050 3854 7202 1.

 

  1. Applicants must present five (5) copies of each score and one (1) set of their respective instrumental parts, in paper form.

 

  1. Each score should include program notes (Portuguese, Spanish, Italian, English or French) and also the total duration.

 

  1. A CD with the synthesized or acoustic audio of the score may be attached if the candidate so wishes (in the latter case, the performance/recording shall be private, excluding any commercial or public concert recordings as determined by point 3 of that regulation).

 

  1. All materials submitted must be submitted anonymously, including the postal order, which must be identified, as well as the musical materials, using a pseudonym.

 

  1. If the candidate sends more than one score for the Prize, he / she must do it in separately, one for each work in the contest.

 

  1. The materials for each score must be sent in a postal envelope, together with a sealed envelope containing the applicant’s ID, photocopy of ID card / citizen card / passport, personal contacts (telephones, e-mail and postal address), proof of transfer of the registration fee and a statement signed by the composer confirming that the composer complies with all the conditions required by the regulation.

 

The jury will only be aware of the identity of the contestants in case they are awarded, with only the envelopes corresponding to the winners being opened.

Scores must be sent by registered mail to the secretariat of the Prize until de 5th of April of 2019 (date of arrival of the scores. It is recommended that they should be sent with time), to the following address:

 

1st International Entre Madeiras Trio Composition Competition – Clotilde Rosa Award

Secretariat of the Competition

Rua Arco do Carvalhão nº 47 5ºC

1070-008 Lisboa – Portugal

 

Jury

 

The Jury will be composed by the following personalities:

 

Sérgio Azevedo (Escola Superior de Música de Lisboa) – President

Jorge Machado (Conservatório Nacional de Lisboa)

 

Members of Entre Madeiras Trio:

 

Miriam Tallette Cardoso

Filipe Pereira Branco

João Andrade Nunes

 

Results

 

  1. The results of the Prize will be announced publicly until May 11, 2019, on the websites:

 

https://entremadeirastrio.com/

https://www.facebook.com/entremadeirastrio/

 

Only the winner or those with Honorable Mentions will be contacted directly.

 

  1. Materials submitted by competitors will not be returned.

 

  1. There shall be no appeal against decisions of the jury. Any missing case in the regulation will be decided by the jury. Any legal dispute shall be resolved in the District of the Lisbon Court, to the exclusion of any other place, and shall be based solely on the Portuguese version of the Prize regulation. Any doubts that this regulation may raise should be clarified to the Secretariat of the Prize, through the following address:

 

e-mail: secretariadoconcursoemt@gmail.com

 

This regulation, as well as all the information related to the Prize, can be consulted on the websites of the Entre Madeira Trio:

 

https://entremadeirastrio.com/

https://www.facebook.com/entremadeirastrio/